O churrasco está no cardápio da maioria dos brasileiros. Mas saber fazer um bom churrasco, não é para qualquer um. Existem alguns cuidados básicos na hora de fazer um churrasco impecável, para que ele seja um verdadeiro sucesso. Acompanhe nossas dicas e saiba como fazer o melhor churrasco da sua vida.

Mais que uma refeição, o churrasco é considerado por muitos um evento social, e por isso, uma ótima oportunidade para reunir os amigos e a família em torno de saborosas carnes preparadas na churrasqueira. Para tudo dar certo, é necessário um bom planejamento. E isso vai desde a escolha da carne, dos temperos, forma de acender o fogo e assar a carne.

Como assar a carne do churrasco

Um detalhe muito importante para o sucesso do seu churrasco é o momento de acender o carvão. Para que ele esteja pronto para grelhar as carnes é preciso de, no mínimo, uma hora de contato dele com o fogo. Quando o carvão ficar com uma coloração branca ou cinza clara, é sinal de que a brasa está pronta para receber a carne.

Mas o segredo principal do sucesso ao fazer um churrasco é saber explorar bem as técnicas de grelha das carnes. É preciso garantir a maciez, suculência e sabor das peças. Para isso, indica-se que as carnes sejam colocadas bem próximas da brasa do carvão por um período bem curto, de 5 a 15 minutos, para selar sua superfície e evitar que seu interior resseque durante o preparo.

Depois depende do seu gosto. Para quem gosta de uma carne mal passada, este período bem curto pode ser o ponto ideal de alguns cortes. Já para carnes mais grossas ou carnes mais bem passadas, é necessário transferir as peças, depois de seladas, para um espaço na grelha mais distante do fogo, para que ela grelhe de maneira homogênea.

Um cuidado importante na hora do preparo é com as labaredas de fogo, causadas geralmente por gotas de gordura que podem pingar na brasa durante o aquecimento da carne. Nunca jogue água para apagá-las! Sempre jogue cinzas de um churrasco anterior ou um pouco de areia para conter a altura do fogo e não perder a brasa.

Como escolher a carne

A carne é a estrela de todo churrasco e para ser perfeito é preciso escolher os tipos certos de carne. As peças mais indicadas para um bom churrasco são a picanha, fraldinha, contrafilé, alcatra, maminha e costela. No caso da fraldinha, da alcatra e da costela, as peças devem ser assadas inteiras.

Já a costela deve ir ao forno entre quatro e cinco horas antes de ser levada para a churrasqueira, para ficar mais macia. O contrafilé pode ser cortado em bifes com cerca de 10 cm de espessura. A picanha deve ser assada inteira ou em bifes grossos e com gordura, que não deixa a carne ressecar. Outra boa ideia na hora de escolher suas carnes é garantir a boa procedência dessas peças. O Meschke oferece uma linha de carnes de qualidade com o sabor que vem direto do campo e que são o fator essencial para o sucesso do  churrasco. O açougue do Meschke é 100% transparente e permite que você confira de onde saem os cortes que você precisa e tanto gosta. Carnes de qualidade são um fator essencial para o sucesso das suas refeições. Conte com o sabor que vem direto do campo para a sua mesa. Nosso açougue 100% transparente permite que você confira de onde saem os cortes que você tanto gosta. Fuja das peças congeladas! A carne precisa ter um aspecto viçoso, coloração vermelho-vivo e uma camada de gordura de, no máximo, um dedo de espessura, para irrigá-la e manter seu sabor.

Como temperar a carne

Nós sabemos que o principal tempero utilizado nos churrascos é o sal grosso. Mas é possível ousar um pouco mais na hora de temperar a carne para o churrasco. Procure explorar outros temperos que, combinados com o sal grosso, podem dar muito certo, como a pimenta-do-reino, e alho.

Nas peças de fraldinha, por exemplo, o sal pode ser combinado com o tomilho, com azeite de oliva ou até mesmo com a manteiga para deixar ainda mais saborosa. Em outras peças, pode ser interessante também misturar o sal grosso com um pouco de ervas secas para dar mais sabor à carne.

Para essa ousadia dar certo, é preciso tomar alguns cuidados. É importante sempre lembrar de colocar o sal primeiro na carne, esperar um tempo para que ele seja absorvido e então acrescentar os outros ingredientes. Também é preciso prestar atenção na hora de salgar as peças ao fazer um churrasco. Adicione o sal só no momento de grelhar as carnes para não perder a suculência e evite o excesso de sal em carnes já fatiadas. Elas absorvem os temperos mais facilmente.

Percebeu que fazer o melhor churrasco da sua vida pode ser uma tarefa que demanda tempo e dedicação. Mas seguindo nossas dicas, será mais fácil e mais prazeroso esse processo. Quais destas dicas você já aplicou nos seus churrascos? Tem mais alguma dica para aquele churras perfeito? Compartilhe conosco!