Se você perguntar para grandes chefs da gastronomia qual é o tempero mais importante do universo, a grande maioria irá responder que é o sal. E isso faz todo o sentido. Ninguém gosta de comida sem sabor. O sal tem um papel significativo na hora de realçar os demais temperos de um prato. Mas qualquer coisa em excesso pode fazer mal para a sua saúde. É o caso do sal.

Conhecido como um dos maiores vilões da saúde, o sal de cozinha é usado em grande quantidade pelos brasileiros. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, nós ingerimos cerca de duas vezes e meia mais sal que o limite orientado pelos nutricionistas. Apesar disso, é importante lembrar que o sal tem um papel importante na nutrição humana.

O sal de cozinha é enriquecido com iodo, elemento essencial no combate de algumas doenças, como bócio, anomalias congênitas e problemas mentais. O sódio também está presente em certas funções fundamentais para o nosso corpo. A OMS recomenda que o consumo diário correto de sal seja maior que 2g e menor que 5g. Ou seja, um pouco menos que uma colher de chá rasa.

O sal traz muitos benefícios, mas quando consumido em excesso, traz também diversos problemas para a saúde. Um desses malefícios é a retenção de líquidos, que faz com que o coração e os rins fiquem sobrecarregados, principal causa da temida hipertensão. Outros problemas causados pelo excesso de sal são as doenças relacionadas ao coração, pressão alta, AVC, aumento de peso e cálculos renais estão nessa lista.

A maior concentração de sal pode ser encontrada em produtos que possuem realçador de sabor (ácido guanílico). Entre eles estão azeitonas, picles, patês, enlatados, alimentos em pó, caldos em cubos, embutidos, industrializados, carnes e peixes salgados. Mas isso não significa que você precisa cortar esses alimentos da sua dieta, mas é importante evitar um consumo exagerado.

Veja nossas ofertas!

Produtos sem sódio, e toda uma variedade com sofisticação e preços baixos. Veja as nossas ofertas dessa semana:

O uso exagerado de sal é um hábito. Uma dica para evitá-lo é não deixar o saleiro na mesa. No começo, pode ser um pouco estranho, mas com o tempo a pessoa vai se acostumando com o novo paladar do alimento, com pouco sal. Aproveite o sabor natural dos alimentos. Apesar do sal ser importante para realçar certos gostos, demais ele pode reduzir a capacidade do paladar.

Outra dica é investir em novos temperos. Use ervas, hortaliças e outros condimentos naturais. Para substituir o sal, os temperos mais indicados são o alho e a cebola. O alho ajuda a diminuir a pressão sanguínea e o colesterol. A cebola diminui os riscos de trombose (formação de coágulos sanguíneos nas veias) e aterosclerose (doença inflamatória dos vasos sanguíneos). Outros temperos indicados são a sálvia e o manjericão – que acalma os espasmos da digestão. Além desses, qualquer tempero natural e aromático pode substituir o sal.

Siga nossas redes sociais!

Siga nossas redes sociais e saiba de todas as nossas novidades e promoções.

Para estimular ainda mais a mudança de hábitos dos brasileiros, em 2013, entrou em vigor uma determinação do Ministério da Saúde, que determina a redução de sódio nos alimentos processados no Brasil. Caso você ainda sinta dificuldade em mudar seus hábitos, procure um nutricionista. Ele pode te auxiliar na reeducação alimentar e na redução do consumo de sal de forma segura e saudável.

O Supermercado Meschke também pode te ajudar nessa mudança de hábitos. Temos uma seleção de produtos com menos sódio ou até 0% de sódio. Além de contar com uma área de hortifruti que inclui temperos variados, bem organizados, fresquinhos e rigorosamente selecionados de acordo com nossos padrões de qualidade. Faça sua lista de compras e vem pro Meschke!